Blogagem Coletiva: 5 filmes para o Oscar da minha vida

O que é o Rotaroots: O grupo tem o objetivo de resgatar a época de ouro dos blogs pessoais, incentivando a produção de conteúdo criativo e autoral, sem ser clichê e principalmente, sem regras, blogando pela diversão e pelo amor.
Em dia de Oscar, nada melhor do que uma Blogagem Coletiva pra celebrar esse evento, não acha? Resolvi criar e premiar cinco categorias diferentes e falar de alguns filmes que me marcaram de alguma forma.
1. Melhor Personagem – Lisbeth Salander –  O Homem que não amava as mulheres
Millenium-Lisbeth-Salander
Essa é uma das minhas personagens favoritas da literatura e no cinema ela é retratada de forma muito fiel pela Rooney Mara. Até mesmo o filme sueco possui uma atriz excelente, prova de que essa personagem é muito única e demanda muito de suas intérpretes.
Lisbeth é problemática, única e extremamente inteligente. Como eu tenho uma queda forte por personalidades perturbadas, não foi difícil achar a moça adorável 🙂 Não vejo a hora de Hollywood tirar os outros dois livros do papel, mas enquanto tem a  adaptação Sueca no NetFlix.
2. Melhor Trilha Sonora: Garden State
garden_state_movie_poster
Eu desenvolvo afeto em filmes com boa trilha sonora, me julguem! Garden State, com a Natalie Portman e Zach Braff, ganhou inclusive um Grammy de melhor Trilha Sonora em 2005.
Na trilha estão bandas como Coldplay, The Shins e Frou Frou. Tudo bem indiezinho-bacaninha-no-violão mas eu adoro música assim e acabei conhecendo The Shins através dessa compilação do filme. Obrigada, Zach!
3. Melhor Comédia: Bridesmaids
 Bridesmaids_poster-cast
Eu tenho um sério problema com comédias, dificilmente alguma delas vai mudar minha vida e se tornar um dos meus filmes favoritos. Apesar disso, adorei Bridesmaids quando assisti! O destaque do filme é sem dúvida a Melissa McCarthy, que desde que acabou Gilmore Girls só cresceu e fez personagens hilários, tanto em Mike and Molly quanto em diversos filmes, entre eles o meu vencedor de melhor comédia.
4. Filme “Mentirão”: Matrix
matrix_poster
Eu amo fantasia em tudo: livro, seriado e, é claro, em filmes! Chamei a categoria de “Mentirão” pra distinguir de dramas, comédias e tudo que se passa no mundo real, digamos assim.
Acho que Matrix é o meu favorito deles, principalmente porque é daqueles filmes que faz você pensar se tem algo por trás do mundo em que a gente vive e se seria possível viver numa organização de mundo totalmente diferente da nossa realidade atual. Sem contar nos efeitos especiais que marcaram época, no casal Neo/Trinity e tudo o que o filme representou no ínicio dos anos 2000.
5. Filme mais assistido: O Casamento de Muriel
muriels_wedding_poster
Esse filme tem uma história muito aleatória na minha vida: minha mãe assinou a Caras uma vez e eles tinham essa promoção de enviar fitas VHS (anos 90, gente, não tinha nem internet em casa, sabe) de vários filmes pra você montar uma coleção. Um deles era O Casamento de Muriel e um belo dia de tédio infantil, fui ver o filme e amei! eu via esse filme quase todos os dias, nem faço ideia de quantas vezes eu assisti.
Depois fui pesquisar sobre o filme e descobri que a Toni Collette precisou engordar 18 quilos para o filme e foi ali que ela ganhou fama internacional e uma indicação a Melhor Atriz de Comédia no Globo de Ouro.
Continue Reading

Blogagem Coletiva: 5 coisas para fazer durante o Carnaval

carnaval

O que é o Rotaroots: O grupo tem o objetivo de resgatar a época de ouro dos blogs pessoais, incentivando a produção de conteúdo criativo e autoral, sem ser clichê e principalmente, sem regras, blogando pela diversão e pelo amor.

 

O Brasil a partir de hoje só vai viver de Carnaval até a quarta feira de cinzas. Escolas de Samba, blocos de rua, trios elétricos e frevo são apenas alguns das muitas opções de diversão para os próximos 4 dias por todo o Brasil.

 Apesar de não ser fã de Carnaval ( adoro o feriado e só) aproveitei esse meme do Rotaroots e resolvi listar algumas dicas para fugir dos eventos sociais que a data pede. Afinal, Carnaval é ame ou odeie: quem gosta defende com unhas e dentes e quem odeie vai preferir estar morto a ter que socializar durante os dias de folia.
 1. Leia ( e muito)

Eu tô bem animada com os desafios de leitura que estou tentando fazer nesse ano de 2015, então ficar lendo 4 dias não vai ser nenhum sacrifício. É uma ótima ideia dar um gás naquele livro que está empacado ou começar a leitura de um livro maior ou com uma história mais densa, já que o foco pra esse tipo de leitura quando gente está descansando é maior.

Alguns  booktubers que eu acompanho decidiram fazer maratonas de Carnaval e dar um gás na leitura do ano. Pode ser um bom incentivo a tirar a poeira os livros.

2. Coloque pendências  em dia!

Época de carnaval é ótimo para resolver coisas que só dependem de você. Eu por exemplo, tenho vários posts atrasados dos meus (muitos) blogs que eu gostaria de deixar pronto. Também preciso arrumar meu armário antes que ele caia sobre a minha cabeça. Pode parecer bobagem mas um feriado desses pode ser a solução pra tentar deixar a vida um pouco mais organizada.
3. Faça passeios culturais!
Morar numa cidade que possui um dos principais carnaval do Brasil (Rio de Janeiro) é um problemão. Cidade cheia em que você mal consegue um lugar calmo para fazer alguma coisa ébem irritante. Apesar disso, aproveitar o feriado para fazer passeios culturais éuma ótima opção para os que não querem pular carnaval mas ainda sim aproveitar o feriado com alguma utilidade cultural.
Dica do Rio: no CCBB começou uma exposição muito bacana do Kandinsky que acho que será uma daquelas muito lotadas que todos querem ver. Aqui no centro são tantas opções desse tipo que fica difícil se decidir. O único problema é a chance alta de cair dentro de um bloco e ai o seu propósito de fugir do carnaval vai por água abaixo.

4. Vá ao cinema

 Eu criei uma meta de ver mais filmes esse ano que vai de mal a pior. Também queria ver mais lançamentos e ir mais ao cinema. O carnaval pode ser uma boa época para aproveitar os lançamentos da sétima arte em tela grande. Uma pena que os cinemas mais próximos adotaram a dublagem e me recuso a pagar por isso. Por causa disso acho que só vou ver filmes em casa mesmo.
5. Faça o que quiser!
Eu recebo olhares de reprovação quando falo que não sou muito de carnaval. Mas gosto é o tipo de coisa que cada um tem o seu, né queridinha? Acho que em qualquer época do ano fazer o que se tem vontade não deveria ser condenável de forma alguma. Quer ir em 3 blocos por dia e aproveitar ao máximo o carnaval? Apoio 100%. Agora, se você prefere ficar dentro de casa lendo, vendo filme ou o tempo no Netflix, vai com tudo também! Sem reprovações e julgamentos o mundo seria um lugar muito melhor.

 

Continue Reading

Blogagem Coletiva: Como surgiu o Doce Subúrbia

Vou começar a postar os temas desse mês de Outubro do Rotaroots! O primeiro é pra contar um pouco sobre como nasceu o Doce Subúrbia. 

 

O que é o Rotaroots: O grupo tem o objetivo de resgatar a época de ouro dos blogs pessoais, incentivando a produção de conteúdo criativo e autoral, sem ser clichê e principalmente, sem regras, blogando pela diversão e pelo amor.

O nome

Foi difícil pensar num nome pro blog que me representasse completamente. Acabei escolhendo Subúrbia porque na minha cabeça muitas vezes me sinto um pouco à margem, não penso igual a todo mundo. Além do fato de morar no subúrbio, coisa que me orgulha muito pois considero que tive a melhor criação que alguém poderia ter, sem frescuras e num ambiente alegre. Isso diz muito sobre a pessoa que sou hoje.

logo_versao_2

A minha primeira opção ia ser somente Subúrbia, mas não consegui registrar no WordPress então precisei de uma variação. Adicionei o “Doce” e assim surgiu esse espaço, pois é sempre bom ter um pouco de doçura em tudo o que você faz.

O que eu gosto de escrever

O Doce Subúrbia nasceu pra ser um blog pessoal, onde pudesse falar sobre tudo o que gosto em um único lugar. Temas como TV, Seriados, Música, Livros, Design e Publicidade são os meus favoritos. Só que com o tempo acabei debandando um pouco e criei o Viagem em Conta, onde comecei a contar um pouco sobre as poucas viagens que fiz e esse ano nasceu o Camisetices, um espaço voltado a compartilhar coisas sobre camisetas. Mas nunca larguei esse espaço aqui e nem pretendo, ele só anda meio devagar mesmo. Pretendo ser mais ativa aqui, prometo! Tô com muitas ideias pra deixar esse espaço mais movimentado.

Continue Reading