Música de Domingo #38: Os esquecidos do Grammy

grammys

Hoje é dia de Grammy, aquela premiação com 25 mil categorias mas que no final só umas 10 realmente importam.  Com tantas categorias é quase impossível que algum artista de destaque da música mundial não tenha um gramofone em casa, certo? Bom, não é bem assim.  A Rolling Stone americana fez uma lista com 25 artistas que não ganharam um Grammy sequer.

Alguns deles até já foram reconhecidos com indicações. É o caso de nomes  como Snoop Dogg, Depeche Mode, Katy Perry, Guns n´Roses, Oasis, Morrissey e Queens Of Stone Age.

Na lista ainda aparem artistas que não receberam nenhuma indicação ao prêmio, como é o caso de Spice Girls,  Strokes, Velvet Underground. São  artistas  que tem uma base de fãs bem considerável. O Grammy sempre foi uma premiação com categorias em quase todos os estilos musicais e por isso a maioria desses artistas poderia ser pelo menos indicada a alguma coisa.

Pra mim, as maiores injustiças são Strokes e QOTSA. São bandas sólidas que mereciam o reconhecimento. Hoje Josh Homme e cia tem chance de reverter isso, já que concorrem com o “Like The Clockwork” a melhor álbum de Rock e My God Is The Sun como melhor música de rock (ou algo do gênero)

Com esses artistas que ficaram chupando dedo, fiz a playlist mais louca que provavelmente esse blog vai ver: Os esquecidos do Grammy. Clica no player aí embaixo pra ouvir:

[gigya src=”http://grooveshark.com/widget.swf” type=”application/x-shockwave-flash” width=”400″ height=”400″ flashvars=”hostname=grooveshark.com&playlistID=94693788&p=0″ allowScriptAccess=”always” wmode=”window”]

Continue Reading

Música de Domingo #7: The Strokes

 

 

O Música de domingo não podia ser outra banda. O Strokes lançou uma música nova, One Way Trigger.

Gastei o restante de 3G que me sobrou e ouvi no celular mesmo, tamanha a curiosidade de fã. Achei que não combina com nada do que a banda já fez, mas isso não significa que isso a música seja horrenda. A gente só não está acostumado ver tanta batida a lá Gaby Amarantos em uma música do Strokes.

Minha teoria da conspiração:  Fabrizio passou uma temporada no Rio, conheceu o tecnobrega e levou de volta pra Nova York pros copanheiros de banda. Eles gamaram e acharam que tinha que ter no novo disco e Fim.

Continue Reading